Secretário de Princesa Isabel é preso suspeito de tentativa de estupro, em hotel de João Pessoa

0

Hits: 138

O secretário de Infraestrutura de Princesa Isabel, Givaldo Rodrigues de Moraes, foi preso na noite desta segunda-feira (20) em João Pessoa. Ele teria dopado e tentado estuprar uma jovem de 21 anos, dentro de um hotel, na orla da capital.

De acordo com as informações apuradas o suspeito veio à João Pessoa para acompanhar um homem, que passaria por uma cirurgia. A vítima é filha do paciente.

No meio do caminho, eles teriam parado em um local pra comer. Após a refeição, o pai e a filha se queixaram de um suco, que estaria com um gosto estranho. No entanto, eles seguiram viagem, começaram a sentir sinais de sonolência e “apagaram” ao chegar no hotel.

Passado o efeito da substância a jovem acordou e disse que Givaldo estava em cima dela, parcialmente sem roupa. Diante da confusão, o secretário pediu um segundo quarto e deixou pai e filha trancados. Ainda dopada, a jovem ligou para o namorado, relatou o ocorrido e a polícia foi acionada.

Ai chegar no local, os policiais interrogaram o suspeito, que não soube explicar a situação e acabou detido. Após serem libertados, a vítima contou que estava dopada e teria sofrido uma tentativa de estupro. Ela foi encaminhada para a Cidade da Polícia Civil, onde foi acolhida e recebeu assistência.

Givaldo Rodrigues deve passar por uma audiência de custódia ainda nesta terça-feira (20).

NOTA DO PREFEITO

O prefeito de Princesa Isabel, Ricardo Pereira, exonerou imediatamente o secretário de Infraestrutura de Princesa Isabel, Givaldo Rodrigues de Moraes, após saber da prisão dele realizada em João Pessoa por tentativa de estupro a uma jovem de 21 anos, dentro de um hotel, na orla da capital.

“Já fizemos a exoneração para que ele possa ter o direito a ampla defesa, mas que a Prefeitura seja isenta de um ato ilícito cometido por qualquer servidor.

A Prefeitura lamenta um ato envolvendo um secretário de primeiro escalão”, destacou o prefeito que está em Brasília.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *