Hits: 10

A Polícia Federal conseguiu apreender cerca de 260 quilos da droga conhecida como supermaconha em um um motel no Recife. Uma comerciante grávida de 28 anos e um homem de 34 foram presos em flagrante na noite dessa quinta-feira (9).

A investigação foi conduzida pela Delegacia de Repressão à Drogas. Policiais federais receberam informações de que o suspeito estaria transportado uma grande quantidade da supermaconha, em um veículo Fiorino, do Sertão de Pernambuco para o Recife.

“De posse dessas informações foram montadas equipes de policiais federais que se dirigiram aos principais pontos de acesso à capital pernambucana com vistas a identificar e abordar os possíveis traficantes”, informou, em nota a Polícia Federal.

O grupo conseguiu localizar o veículo entrando em um motel localizado na Cidade Universitária, na Zona Oeste do Recife. No momento em que o condutor estava saindo do estabelecimento, houve a abordagem policial.

“Na busca foi localizada certa quantidade de maconha embaixo do banco do motorista. Na sequência, foi identificado o quarto onde o suspeito se encontrava. Lá encontraram dezenas de pacotes laminados embalados a vácuo cheios de maconha e efetuaram a prisão de uma mulher que estava no estacionamento num outro veículo (Toro) também com maconha”, explicou a Polícia Federal.

Ao todo, foram apreendidos 384 pacotes com um peso bruto de 260 kg de supermaconha. A Polícia Federal afirmou que se trata da maior apreensão desse tipo de droga em Pernambuco.

A supermaconha pertence ao grupo dos canabinóides, mas com efeitos mais potentes e nocivos ao cérebro do que a maconha tradicional. Ela é produzida a partir do cruzamento genético e do cultivo hidropônico da planta Cannabis Sativa, a mesma que dá origem à maconha.

PAGAMENTO DE R$ 3 MIL PELO TRANSPORTE DA SUPERMACONHA

Em conversa informal com os policiais federais, os suspeitos afirmaram que receberiam R$ 3 mil pelo transporte da supermaconha do Sertão para o Recife. Apesar disso, em depoimento, eles optaram por não dar detalhes de quem teria aliciado a dupla e para quem as drogas seriam entregues.

O homem é natural da cidade de Floresta, mas residia em Petrolina, no Sertão. Já a mulher, grávida de sete meses, morava na Madalena, Zona Oeste do Recife. A dupla foi autuada em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico e foi encaminhada para audiência de custódia. Em caso de condenação, as penas podem chegar a 25 anos de prisão. 

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *