“Patriota do caminhão” diz que ficou pendurado cerca de 6km e estava “certo de que iria morrer”

Bolsonarista pendurado em para-brisa de caminhão, em Caruaru - Foto: Reprodução/ Twitter

Hits: 5

Junior Peixoto, 41 anos, ganhou fama nas redes sociais após viralizar em um vídeo onde foi flagrado agarrado em uma carreta

Pendurado em um caminhão em movimento, o empresário Junior Peixoto, de 41 anos, ficou conhecido como “patriota do caminhão” depois que o vídeo viralizou nas redes sociais na semana passada em Caruaru, no agreste de Pernambuco.

Ele participava de um ato antidemocrático após a vitória nas urnas de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sobre Jair Bolsonaro (PL). Em entrevista à Folha de S. Paulo, Peixoto disse que se sente exposto com a repercussão das imagens. Além disso, afirma que se pendurou no caminhão como uma forma de defesa, e não para tentar impedir a passagem do veículo em um bloqueio na BR-232.

Peixoto contou ainda que ficou agarrado ao caminhão cerca de 6km e pelo menos oito minutos. Ele disse ainda acreditar que em determinado ponto, o veículo tenha passado dos 100 km/h, o que o deixou bastante assustado.

“Quando o caminhão começou a desenvolver velocidade, eu estava certo que iria morrer. Estava convicto que aquele era o meu último dia de vida” disse Peixoto.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *