Hits: 50

O pai da jovem Tays Rafaela Alves, de 15 anos, que foi morta a facadas na última quinta (30) em São José do Egito, no Sertão, lamentou a morte da filha e disse que a suspeita de cometer o crime agiu por ciúmes da menina. A jovem foi esfaqueada em frente a uma casa no Conjunto Junior Valadares, por volta das 17h.

Segundo o mais Pajeú José Ronivon, pai de Tays, disse em entrevista à TV Asa Branca que a suspeita perseguiu a filha e acabou flagrando ela em uma traição, o que teria motivado o ciúme.

“Ela [a suspeita] abordou ela e deu dois golpes de faca. É triste, interrompeu o sonho da minha filha que batalhou a vida inteira”, disse José Ronivon.

Suspeita foi detida

Tays Rafaela Alves, que era aluna do 1º ano ‘A’ do curso de Meio Ambiente, foi esfaqueada pela outra adolescente e chegou a ser socorrida no Hospital Maria Rafael de Siqueira, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

A Polícia Civil informou que a suspeita foi encaminhada pela Polícia Militar, junto à mãe, para a delegacia de Afogados da Ingazeira e, após a aplicação dos procedimentos administrativos, foi encaminhada para o Ministério Público de Pernambuco. (G1)

 

 

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *