Homem perseguido por Carla Zambelli aponta racismo e outros 3 crimes ao STF

Hits: 3

O jornalista Luan Araújo pediu ao ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), a abertura de processo criminal contra a deputada federal Carla Zambelli (PL-SP), que o perseguiu com um revolver em 29 de outubro, véspera do segundo turno da eleição para Presidente da República. Na ação, a defesa do homem aponta que a congressista teria cometido quatro delitos:

– racismo
– ameaça
– perigo para a vida ou saúde de outrem
– constrangimento ilegal majorado pelo emprego de arma de fogo

“Aguardamos as imagens para poder ter um norte sobre quem efetuou os disparos, se foi para cima ou em direção a Luan, porque isso também pode caracterizar um crime diferente. Aguardamos os resultados da perícia e acompanhamos o desenrolar das investigações”, afirmou o advogado Renan Bohus, que assina a petição.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *