Família garante que saúde de Pelé não corre “risco” e prevê volta para casa

Pelé - Foto: Reprodução/Instagram

Hits: 9

O Rei do futebol está hospitalizado desde a última terça-feira

Duas filhas de Pelé desmentiram neste domingo (4) que a saúde da lenda do futebol, hospitalizado desde terça-feira em São Paulo, corre risco, e se mostraram confiantes de que o pai voltará para casa assim que melhorar de uma infecção pulmonar.

Pelé “está doente, está velhinho, mas no momento ele está lá por causa de uma infecção no pulmão. E quando ele melhorar, ele vai para casa de novo”, disse Kely Nascimento, em entrevista ao programa Fantástico da Rede Globo.

“Ele não está dizendo adeus no hospital no momento”, acrescentou Kely, explicando que o quadro atual de Pelé é resultado de uma infecção por covid-19 que o ex-jogador teve há três semanas.

“Ele não está na unidade de tratamento intensivo (UTI), está num quarto normal. Ele não está em risco, está em tratamento”, completou a irmã, Flávia Arantes.

Pelé foi internado na terça-feira para uma reavaliação da terapia de quimioterapia de um câncer de cólon, identificado em setembro do ano passado, informou o hospital Albert Einstein.

No sábado, o último boletim médico disse que o “Rei” permanece “estável” e com “boa resposta” aos cuidados na infecção respiratória detectada esta semana.

“Segue tudo igual”, garantiu a assessoria de comunicação do hospital à AFP neste domingo.

Pelé, 82 anos, afirmou no sábado que estava “forte, com muita esperança” e seguia o tratamento “como sempre”, em mensagem publicada no Instagram.

Pouco antes, a Folha Se S.Paulo havia relatado que Pelé já não respondia ao tratamento de quimioterapia e estava em “cuidados paliativos”, confirmando uma informação publicana na quarta-feira pela ESPN Brasil.

A família do ex-camisa 10 do Santos e da seleção brasileira desmentiu a informação.

“Estamos cansados de receber os pêsames”, desabafou Flávia ao Fantástico.

A filha de Pelé garantiu que o tratamento contra o câncer “está dando resultado” e rejeitou a informação de que o pai tinha passado para cuidados paliativos.

“É muito injusto começarem a falar que ele está em fase terminal. Não é isso, acreditem na gente”, pediu Flávia.

Outro filho de Pelé, Edson, publicou horas antes no Instagram uma foto dele criança com o pai, acompanhada de uma mensagem emotiva: “Se não foram muitas lições, talvez, porque a vida não permitiu… foram muitos exemplos. Obrigado por tudo. Força, meu pai, meu Rei”.

-Preocupação com o “Rei” –
Diante das informações da imprensa sobre uma suposta piora do quadro de saúde de Pelé, mensagens de apoio e preocupação se multiplicaram.

Uma centena de torcedores do Santos, clube que revelou Pelé para o futebol, se reuniram neste domingo em frente ao hospital onde ele está internado e rezaram pedindo sua recuperação.

A preocupação chegou também à seleção brasileira que disputa a Copa do Mundo do Catar.

“Pedimos a todos, independentemente da religião, que orem por ele”, disse neste domingo em Doha o assistente técnico do Brasil, o ex-jogador César Sampaio.

“Saúde, Pelé”, desejou o técnico da equipe, Tite.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *