Bolsonaro gastou quase R$ 200 mil em restaurantes e hotéis de quatro cidades da Paraíba

Presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia de posse do Ministro de Estado da Cidadania, Joao Roma, e do Ministro de Estado Chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Onix Lorenzoni e sanção da Lei da Autonomia do Banco Central

Hits: 10

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) gastou, entre 2019 e 2022, R$ 199.595 em restaurantes e hotéis de Sousa, Campina Grande, Patos e João Pessoa. Outros R$ 65.892,75 foram gastos com locações de carros e locais para eventos e/ou hospedagem nas cidades citadas acima em Nazarezinho. O g1 apurou a informação nesta sexta-feira (13), após o Governo Federal divulgar os valores do cartão corporativo da Presidência da República no período.

No total, em quatro anos foram R$ 276.779,15 gastos na Paraíba com o uso dos cartões corporativos da Presidência na gestão Jair Bolsonaro.

O valor mais alto gasto na Paraíba, R$ 42.600,00, foi para a empresa Leleka – Produções e Locações, que fica em Sousa. A empresa recebeu R$ 32.500,00 no dia oito de fevereiro de 2022 e R$ 10.100,00 em 19 de fevereiro de 2021.

Em contato com o g1, a Leleka informou que o valor se refere a serviços de aluguel de tendas e grades de segurança para eventos realizados em Campina Grande e Caicó, no Rio Grande do Norte. No dia nove de fevereiro do ano passado, o ex-presidente esteve no estado vizinho para cerimônia de chegada das águas do Rio São Francisco. Já em 19 de fevereiro de 2021, ele desembarcou no aeroporto de Campina Grande, antes de uma visita em Pernambuco. Neste mesmo dia, R$ 10.620,00 foram pagos ao Hotel Village Confort, na cidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *