Argentina de Messi tem contas a acertar com a França de Mbappé

0

Mbappé - Foto: NATALIA KOLESNIKOVA / AFP

Hits: 3

Além de reunir dois astros do futebol atual -embora eles pertençam a gerações diferentes-, o confronto traz um gosto de acerto de contas

O encontro está marcado para o próximo domingo (18), às 12h (de Brasília). A Argentina de Messi e a França de Mbappé decidirão quem ficará com o título da Copa 2022. Além de reunir dois astros do futebol atual -embora eles pertençam a gerações diferentes-, o confronto traz um gosto de acerto de contas entre franceses e argentinos.As duas seleções se enfrentaram quatro anos atrás, nas oitavas de final da Copa da Rússia. A França avançou e terminou a competição com o título. Naquele confronto, Messi passou em branco, mas a Argentina chegou a estar vencendo por 2 a 1. Levou a virada e perdeu por 4 a 3.
A atuação de Mbappé naquela partida foi uma das grandes do camisa 10 na Copa 2018. Ele anotou dois gols. Do lado francês, ainda teve o golaço do lateral-direito Benjamin Pavard, que foi eleito o mais bonito do Mundial.

Coletivamente, a final entre Argentina e França consagrará mais uma seleção entre as tricampeões do mundo. Hoje, ambas têm dois títulos e nas semifinais deixaram para trás zebras da Copa do Qatar, Croácia e Marrocos.

Individualmente, é um choque entre dois companheiros de Paris Saint-Germain. Mbappé é um prodígio que antes mesmo de completar 20 anos já tinha sido campeão do mundo. Messi, por outro lado, é o maior desde Pelé, passou 16 anos no auge, mas tem a chance de alcançar um degrau a mais no futebol mundial ao conquistar a Copa que lhe falta.

O confronto entre Argentina e França nas Copas remete às origens, pois as seleções se enfrentaram pela primeira vez na edição de 1930. Os argentinos venceram por 1 a 0 e seriam vice-campeões. Depois, o lado vencedor se repetiu no confronto seguinte, em 1978. Jogando em casa, a Argentina bateu a França por 2 a 1. O terceiro jogo entre os países na Copa foi o da Rússia, há quatro anos.

Nesta Copa, a Argentina não precisou passar pelo Brasil, mas já devolveu a derrota para a Croácia de 2018, na fase de grupos -os croatas foram batidos desta vez na semifinal. Também teve o “pagamento” pela eliminação das quartas de final de 1998 sobre a Holanda, com a laranja mecânica caindo nos pênaltis frente aos argentinos, no Qatar.

Agora, trata-se do mais importante Argentina x França de todos os tempos.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *