Após 21 anos, homem é preso acusado de mandar matar a esposa

Hits: 5

Um homem foi preso em Aracaju, na terça-feira (11), acusado de mandar matar a esposa, uma promotora de Justiça do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), dentro de um carro no antigo lixão de Igarassu, no Grande Recife.

José Aderval Clemente foi encontrado 21 anos após o crime, que segue sem julgamento, informou o MPPE.

A vítima era a promotora Maria Aparecida da Silva Clemente, que tinha 46 anos quando foi morta. Ela atuou no MPPE por 19 anos e deixou três filhos. O corpo da vítima foi achado com marcas de tiros na cabeça. Ela estava dentro de um carro no lixão.

As investigações apontaram que a mulher foi abordada mediante violência. Segundo o MPPE, a promotora tentou encerrar o relacionamento porque José Aderval Clemente administrava empresas em nome de “laranjas” e praticava crimes fiscais, além de outras irregularidades. Por causa disso, ela teria a carreira como promotora manchada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *