Açude Jureminha 1 em São José do Egito está interditado por contaminação.

0

Hits: 6

Depois de detectar a presença de cianotoxinas e cianobactérias acima do permitido, A Vigilância Sanitária de São José do Egito recomendou a interdição total do Açude Jureminha 1, conhecido por Açude Velho. A medida foi acatada pela Gestão Municipal, que emitiu um decreto explicando os detalhes da proibição.

A interdição é temporária, porém por tempo indeterminado, pelo menos até que os níveis das substâncias já citadas voltem ao normal. Segundo a Vigilância, semanalmente serão colhidas novas amostras da água e encaminhadas para o laboratório de Pernambuco, a partir dos resultados, será possível voltar a permitir o uso da água ou não.

A proibição é total, ou seja, a água do Açude Velho não pode ser usada, nem para consumo humano, nem animal. Também está proibido o uso para irrigação, manipulação e lavagem de animais abatidos, ou de vegetais.

Devido a alta contaminação, por precaução, a municipalidade egipciense também proibiu o uso da água para construção civil, consumo de qualquer natureza e também a pesca de qualquer modalidade.

Também foi determinado o desligamento imediato das bombas que usam o manancial do Açude Jureminha 1 para quaisquer atividades.

Cianotoxinas e cianobactérias podem afetar órgãos como fígado e rins, causando hemorragia, podendo levar até a morte.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *